Qualidade de vida no trabalho: abra o seu próprio negócio!

Você tem buscado qualidade de vida no trabalho e não está encontrando? O ritmo acelerado do dia a dia não deixa muito tempo para o cuidado com a saúde ou ter lazer com amigos e familiares. E o trabalho, frequentemente, não traz satisfação. Para combater essa realidade, muitas vezes, precisamos de uma guinada profissional, para encontrar o equilíbrio e uma vida mais feliz.

Abrir o próprio negócio, na própria profissão ou mesmo mudando de área, pode ser uma opção, porém, fique atento aos conhecimentos necessários e aprenda a lidar com a pressão para atingir as suas metas. Afinal, o salário do mês é você que vai fazer.

Quer mudar de vida? Aprenda a combinar vida profissional e pessoal para que não tenha a sua produtividade ou felicidade prejudicadas. Continue a leitura para saber como construir uma carreira de sucesso tendo qualidade de vida no trabalho!

O que é qualidade de vida?

A qualidade de vida é o entendimento que a pessoa tem quanto ao seu posicionamento na vida, com seus valores culturais, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Algumas pessoas acreditam que morar em uma casa grande e viajar pelo mundo faz parte disso. Outras apostam em trabalhar no que gostam, mesmo não obtendo muitos lucros.

Resumindo, é encontrar o equilíbrio físico, emocional e financeiro. É estar bem com a família, amigos, ser realizado no trabalho, ter saúde e estar bem com você.

Como abrir um negócio pode ajudar nesse equilíbrio?

Está cansado de ser empregado? Abra seu próprio negócio, mas entenda que o trabalho não diminuirá, pelo contrário. A sua dedicação e empenho deverão ser ainda maiores, porém, há muitas vantagens a serem consideradas.

Flexibilidade no horário de trabalho

Uma vez que você é dono de seu negócio, há mais flexibilidade de horário para que realizar outras atividades, como buscar os filhos na escola, ir à academia, fazer um curso que ache necessário ou que sente vontade. Além disso, pode programar as suas férias e feriados.

Desde que tenha disciplina para organizar os seus horários e não prejudicar a sua produtividade, o empreendedor poderá ter mais liberdade. A jornada de trabalho pode ser estabelecida para os horários em que ele se sentir mais produtivo e motivado.

Mais ganhos financeiros

Ao trabalhar por conta própria, a possibilidade de aumentar os ganhos é maior, já que é possível estipular metas e salário, pelo pró-labore. Mas vale lembrar que isso depende do faturamento permitido pela empresa.

Com um planejamento financeiroum plano de negócios e técnicas de gestão, o empreendedor traçará metas realistas e trabalhará para que o negócio prospere gradualmente.

Satisfação pessoal

Ter o próprio negócio inspira muito prazer em se dedicar a ele. O empreendedor sente que todo o seu esforço vale a pena. Dependendo do momento, o trabalho chega a ser também um lazer, devido à satisfação pessoal. Além disso, ver o resultado gera orgulho pela conquista.

A possibilidade de ter qualidade de vida no trabalho não é sonho, mas, sim, realidade. Com uma independência financeira, é possível alcançar metas em todas as áreas, unindo o bem-estar da profissão e da vida pessoal para trazer momentos de alegria e oportunidades de crescimento.

Infográfico – Mudando de vida: passo a passo para sair do emprego e abrir seu negócio

Deixar de ser empregado e abrir o próprio negócio traz insegurança, mas há etapas que devem ser seguidas para que essa transição seja a mais tranquila possível. Veja o infográfico e siga as orientações.

Escolha o tipo de negócio

Primeiramente, você deve buscar uma área de que goste para estar bem informado sobre se há oportunidades de negócio. Seu trabalho ajudará as pessoas a resolverem algum problema e facilitará a vida delas? Você venderá um produto ou serviço?

Estude o mercado

Com o negócio escolhido é hora de buscar o público-alvo indicado e que precisará de seus serviços. Conheça os concorrentes, saiba de que forma trabalham, o que eles têm de diferenciais e o que você pode oferecer de novidade em relação a eles.

Deixe todas as informações registradas no computador para não se perder. Inclua nesses dados os custos operacionais para conhecer as vantagens e desvantagens do mercado. 

Tenha um plano de negócio

Após esse passo, você precisará desenvolver um modelo de negócio com com informações sobre o ramo de atuação, produtos ou serviços oferecidos, clientes, concorrentes e os fornecedores. Como também, conhecer os pontos fracos e fortes de sua empresa para viabilizar a sua ideia.

Tenha claro os objetivos e metas

Ao abrir seu negócio será preciso ter metas e objetivos prontos para que tenha foco em suas decisões. Se for necessário, mude a direção, mas sempre buscando a evolução.

Você pode traçar objetivos gerais e estratégicos para metas diárias, mensais e anuais e as ações que serão realizadas para atingir as tarefas.

Saiba a hora certa de sair do emprego

Muitas vezes, temos tanta vontade de realizar o sonho de deixar o emprego formal, mas não sabemos se o momento é propício para isso. Afinal, por pior que esteja a situação dentro da empresa, seu salário está garantido. Contudo, nem sempre isso basta.

Avalie sua satisfação em ir trabalhar todos os dias, se suas ideias são valorizadas e se há respeito por parte de seus superiores. Além disso, é preciso verificar se há oportunidades de crescimento para você.

Pondere se é realmente o que quer e comece a agir para abrir o seu próprio negócio. 

Infográfico - Mudando de vida: passo a passo para sair do emprego e abrir seu negócio

 

Texto do Infográfico

Você quer ser empreendedor, mas tem medo de viver uma vida profissional autônoma? Conheça alguns sinais para que possa descobrir qual o momento exato de tomar essa decisão e em qual área você deve atuar.

Escolha o tipo de negócio

Pense em uma área que você tem afinidade e se venderá um produto ou prestará um tipo de serviço. Sua ideia precisa solucionar os problemas de um determinado público — pense sempre nisso.

Estude o mercado

Defina o público-alvo e pesquise como funciona o negócio, de qual forma os concorrentes trabalham, perspectivas de despesas e lucros e busque informações com pessoas experientes.

Tenha um plano de negócio

Desenvolva um modelo de negócio avaliando o setor, produtos ou serviços oferecidos, clientes, concorrentes e fornecedores.

Tenha claro os objetivos e metas

Trace metas e objetivos possíveis de serem alcançados. Ideias no papel dão uma visão clara e conjunta, evitando o esquecimento de itens importantes.

Saiba a hora certa de sair do emprego

Analise se o seu desempenho dentro da empresa é valorizado. E se o seu propósito é desenvolver algo maior e que não está conseguindo fazer no trabalho em que está, como empregado. Talvez o empreendedorismo seja a melhor solução. Pense nisso!

Viu que agindo tranquilamente e um passo de cada vez é possível programar e abrir o próprio negócio? Assim, incentive mais pessoas a realizarem seus sonhos compartilhando estas informações.

Gostou deste conteúdo? Curta a nossa página no Facebook e receba dicas e informações importantes para dar esta guinada profissional!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *