Gestão de custos: o que é e como fazer de forma eficiente?

Muitos buscam se aventurar no mundo dos negócios, mas são poucos aqueles que entendem como realizar uma boa gestão de custos, o que é muito importante para a sobrevivência de uma empresa. Saber o que entra e sai financialmente é crucial para que o seu faturamento se mantenha satisfatório.

Independentemente do tamanho, é necessário dominar e saber como administrar uma empresa. É primordial focar nos números corretos, que demonstrem o funcionamento geral, para evitar descontrole financeiro e até o fechamento do seu negócio. Para não correr riscos, acompanhe a seguir pontos relevantes da gestão de custos para o seu empreendimento!

O que é a gestão de custos?

O sucesso de sua empresa não está relacionado somente ao volume de suas vendas, mas sim às diversas tomadas de decisões, ao planejamento financeiro empresarial e à gestão de custos. Essa última é todo montante que foi gasto para produzir os seus produtos ou serviços. Resumindo, são as despesas diárias para que a atividade empresarial aconteça.

Por exemplo, as matérias-primas, o consumo de energia e água, os transportes, a mão de obra interna e terceirizada, a compra de equipamentos etc. Tudo isso entra como custo na organização. Portanto, você precisa enxergar a gestão de custos como uma ferramenta estratégica que aumentará a lucratividade do seu empreendimento.

Quais são as vantagens de fazer a gestão de custos?

Fazer a gestão de custos traz vantagens essenciais ao seu negócio, como a redução de gastos para equilibrar a entrada e a saída das finanças. Confira mais a seguir!

Diminui riscos do negócio

Muitos empreendedores — por não saberem como fazer uma gestão de custos eficaz — têm a sua lucratividade imprecisa, ou seja, meses em que as despesas superam as receitas. Isso acaba trazendo, por consequência, riscos ao negócio. Faturar alto não significa que o seu negócio está sendo um sucesso. É essencial fazer uma análise mais aprofundada.

Auxilia na precificação

O preço de seu produto ou serviço está ligado ao mercado em que a sua empresa atua, já que deve ser competitivo. Outro detalhe é quanto aos gastos variáveis — por exemplo, insumos, comissões e mão de obra que devem ser bem analisados na hora de reduzir custos. Usar um método inadequado pode levar você a acreditar que o seu lucro foi X, enquanto na realidade foi Y.

Reduz gastos

Devido à competitividade do mercado e à correria do dia a dia, muitas vezes os empresários deixam passar algum desperdício de recursos na produção de seu produto. É possível evitar essa situação com um gerenciamento minucioso. Desse modo, você terá um estoque sob controle e o dinheiro não ficará parado.

Como fazer a gestão de custos na sua franquia?

Agora que você descobriu quais são os principais benefícios da gestão de custos, veja agora como realizá-la na sua empresa!

Calcular o custo e preço de venda dos produtos e serviços

Para facilitar, vamos dar o exemplo de uma empresa de serviços que desenvolve sites. Ela tem a maior parte de seus custos voltados para a mão de obra, que custa R$5.000,00. As despesas com impostos e comissões e as despesas fixas somam R$1.800,00. A margem de lucro estabelecida é de R$1.500,00 (30% sobre os custos). Dessa forma, um site será vendido pelo preço de R$8.300,00.

Encontrado o seu preço de vendas, compare com os seus concorrentes. Desse modo, você terá certeza que está dentro da competição de mercado.

Investir em tecnologia

No atual modelo de administração, é imprescindível investir em ferramentas tecnológicas, como sistemas de gestão, para automatizar os processos, armazenar dados e proteger as suas informações.

Essas plataformas realizam a gestão de vendas com ferramentas de CRM (Customer Relationship Management), controlam o estoque, a parte fiscal, as compras e as atividades dos setores de Recursos Humanos.

Coletar dados e analisá-los

Toda empresa tem metas a serem alcançadas. Algumas são estabelecidas por departamentos e outras são gerais. De posse dos números que devem ser acompanhados sistematicamente, analise se o desempenho foi positivo ou não. Esses indicadores são importantes para o faturamento de seu negócio, pois permitem uma precificação eficaz, além da identificação e correção de possíveis erros.

Para uma gestão de custos eficiente, o empreendedor precisa conhecer bem o seu negócio. Assim, terá uma visão estratégica e tomará decisões acertadas, dentro de um planejamento e uma gestão financeira condizente.

Aprofunde o seu conhecimento e veja mais a respeito do plano de negócio, para que a sua empresa cresça de maneira sustentável!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *