Como escolher a franquia certa para você? 6 dicas que vão lhe ajudar

Você decidiu empreender na área de franchising, mas não sabe como escolher a franquia certa? Essa é uma etapa cheia de desafios, um momento que não se pode errar, afinal é preciso evitar frustração e prejuízos financeiros.

Para acertar na seleção é necessário buscar informações, fazer pesquisas sobre as redes de franquias, formas de administração, o apoio que é dado ao franqueado — tudo deve ser bem analisado.

E para que você opte por uma franquia que vai lhe dar prazer em trabalhar e lucro, vamos apresentar 6 dicas para ajudar nesse processo. Acompanhe!

Conheça 6 dicas de como escolher a franquia certa

As orientações que serão apresentadas vão desde sua autoavaliação à área técnica para que saiba exatamente em qual franquia investir para seu negócio. Confira!

1. Escolha mercados com os quais tem afinidade

Coloque no papel suas habilidades, áreas que mais gosta, preferências e depois vá eliminando, deixando somente o que realmente faz você feliz. Quando se gosta do que faz, surge o sentimento de realização profissional, que leva a pessoa a sair do senso comum. Por consequência, vai se empenhar mais para alcançar o sucesso de seu negócio.

Até porque será com esse mercado que vai trabalhar, investir seu dinheiro, passar a maior parte do tempo — por isso, tem que ser algo que realmente goste.

Feito isso, veja o seu perfil de empreendedor, o valor disponível para investir, horário de atendimento da empresa, se terá que trabalhar nos fins de semana e feriados. Cada detalhe pode interferir na sua escolha.

2. Selecione a franquia ideal

Quando for escolher a franquia, observe seus princípios, valores, se são produtos ou serviços que você gosta de utilizar, que se parecem com seu perfil. Não escolha a marca por glamour e modismo, pois seu negócio precisa ter um futuro sólido.

3. Busque referências de outros franqueados

Se escolheu a marca da franquia, entre em contato com outros franqueados, ou mesmo ex-franqueados, para que eles possam dar informações sobre sua experiência quanto à transferência de know-how da rede, treinamentos e suportes dos setores envolvidos no negócio, os quais você vai precisar.

Veja com os ex-franqueados o que aconteceu que a parceria não deu certo, tenha senso crítico para avaliar.

4. Analise o investimento necessário

Verifique a disponibilidade de local que a franquia oferece para que possa abrir seu negócio e quais marcas exigem um capital que caiba no seu bolso. Seja conservador, não invista 100% de seu dinheiro — é bom ter uma reserva de segurança.

Um ponto muito importante é que se você não tem outra fonte de renda, seu capital terá de cobrir ao menos por oito meses suas despesas pessoais. Antes disso, não poderá retirar dinheiro da sua empresa, pois ela precisa de um tempo para recuperar os gastos investidos e encontrar o equilíbrio entre receita e despesas evitando, assim, prejuízo.

5. Entenda o relacionamento da franquia com os franqueados

Você será seu patrão, mas ao investir em uma franquia terá que prestar contas à rede. Sendo assim, é importante conhecer o sistema, vantagens e desvantagens de cada franquia, pois tudo é constantemente supervisionado e avaliado. E para que o processo ocorra tranquilamente é preciso um bom relacionamento entre franquia e franqueados.

A marca deve oferecer:

  • um suporte adequado e nos horários que os franqueados trabalham;
  • treinamentos em todas as áreas, para que o empreendedor saiba o que está fazendo ao abrir seu negócio;
  • reuniões constantes para informar aos demais as novidades da rede;
  • relatórios periódicos;
  • atualizações para que a empresa esteja sempre em destaque no mercado.

6. Avalie criteriosamente a proposta do franqueador

Você precisa conhecer bem a franquia. Assim, seja bem cauteloso ao analisar a proposta do franqueador. Caso tenha dúvidas, procure um advogado ou uma consultoria de franquia para dar as devidas orientações. Saiba o que considerar ao abrir uma franquia

  • em um contrato de franquia existem muitas taxas a serem pagas, como a de franquia, royalties, publicidade, dentre outras — estude seus valores, datas de pagamento e o que está no contrato em relação a elas;
  • invista em franquias que têm, pelo menos, entre dois a três anos no mercado e que apresente um know-how qualificado para ser transferido ao franqueado;
  • os treinamentos devem ser disponibilizados tanto para os gestores quanto para os colaboradores — de preferência presencialmente e focado para que as pessoas possam aprender e tirar suas dúvidas;
  • o documento mais importante de uma franquia antes do contrato é a Circular de Oferta, em que constam todas as informações relevantes da rede, por isso solicite a COF de cada uma;
  • ao analisar o contrato, veja se ao final poderá renovar ou não, pois toda franquia tem prazo específico e deve ser adequado ao tempo que será preciso para que tenha seu investimento de volta.

Conheça uma opção de franquia

A marca Empresta é respeitada no mercado financeiro de crédito consignado e trabalha com os principais bancos, financeiras e seguradoras. Sua loja central dá suporte em todas as áreas da franquia e garante inúmeros serviços e produtos a serem ofertados ao seu público.

O tratamento dado aos franqueados é igual ao da loja própria. Todo o processo de abertura de uma unidade é relevante, mesmo seguindo um padrão estipulado.

Dessa forma, todas as unidades se sentem valorizadas ao compartilharem ideias e experiências, desenvolvendo o crescimento do grupo — assim como estabelece uma relação de confiança, entendendo as particularidades que envolvem cada região para que haja sucesso.

A Empresta está presente em 8 estados brasileiros e Distrito Federal. A franqueadora garante alta lucratividade, baixo investimento com retorno rápido, não cobra royalties, sem estoque e um grande mix de produtos.

Empreender na área de franquia tem sido positivo devido à segurança que o modelo de negócio oferece e vai além da questão financeira. Afinal, é um mercado que está aquecido, pois vem crescendo em uma média 7% ao ano. São 2.877 marcas que contam com 153.704 unidades no Brasil, segundo dados da Associação Brasileira de Franchising.

Aprendeu como escolher a franquia certa? Seguindo essas 6 dicas seu investimento verá o lucro.

Se ficou alguma dúvida, entre em contato com nossa empresa que vamos ajudar você em seu novo negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *