Como abrir uma franquia: veja um passo a passo

Está pensando em investir suas economias em uma franquia? Saiba que esse mercado faturou nos últimos 12 meses R$ 177,5 bilhões — um aumento de 7,5% em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com a Associação Brasileira de Franchising. O resultado é derivado da pesquisa de Desempenho do Franchising Brasileiro do 1º trimestre de 2019. Com esse setor aquecido veja como abrir uma franquia e ser dono do próprio negócio.

Você já deve estar pesquisando áreas, valores, modelos de negócios, entre outros dados. A franquia é vantajosa pelo fato de ser um negócio experimentado e aceito pelos consumidores. Além disso, oferece know-how e abre a oportunidade de representar uma marca conhecida no mercado.

Então, conheça o passo a passo para empreender, o que não é tão difícil quanto parece. Vem com a gente!

Encontre a franquia conforme seu perfil

Antes de ver a questão financeira, busque uma franquia de sucesso em uma área que você goste de atuar ou que lhe chame muito a atenção, conforme seu perfil de empreendedor. Pode ser a culinária, o turismo, a estética, a tecnologia, de serviços financeiros e tantas outras.

Escolha a favorita e procure as marcas que estão mais próximas do seu estilo e dos seus valores. Analise as opções para saber em qual investir.

Pesquise o mercado onde você mora

Por melhor que seja o mercado de franquias, nem todo negócio é indicado para determinada cidade ou região, já que os lugares têm características próprias. Assim, pesquise o mercado onde pretende abrir uma franquia, considere o perfil dele, os concorrentes, os seus diferenciais, o potencial de consumo e se ele é indicado para o negócio.

Conheça a franquia de seu interesse

Visite a franqueadora para saber como funcionam os seus processos, de que forma ela desenvolve as operações e que tipo de suporte oferece aos franqueados. Procure saber a quantidade de lojas que a marca detém, incluindo quantas delas são próprias e quantas são franqueadas. Além disso, verifique se alguma foi revendida e quais foram os motivos.

Descubra também há quanto tempo a marca está no mercado. Se ela tiver décadas de atuação, é um ponto positivo, pois o negócio foi testado e aprovado. Essa é uma ótima vantagem para quem quer empreender.

Analise a sua capacidade de investimento

Verifique se os valores solicitados pela marca condizem com quanto você tem para investir. Afinal, você precisará de dinheiro para o capital de giro nos primeiros meses de empresa. Por isso, é importante fazer um planejamento financeiro para que não faltem recursos no processo.

Converse com franqueados e ex-franqueados

Entre em contato com outros franqueados, sendo que eles podem estar ainda em implementação, trabalhando com a marca há poucos meses ou atuando há mais tempo, por um ano ou mais. Caso não encontre empresários nessas fases, converse com outros que estejam disponíveis.

Pergunte sobre o tempo de retorno do investimento, como foi o período de implementação e o suporte fornecido, como estão as vendas e quais são os desafios enfrentados. Questione a respeito do capital de giro empregado e as despesas para manter a loja.

Se você tiver acesso a algum ex-proprietário, verifique os motivos que o levaram a desistir da franquia. Talvez tenha havido má orientação ou falta de suporte, mas considere que as duas partes podem ter errado.

Faça seu cadastro

Ao escolher a marca, preencha a ficha de cadastro no site da empresa para que seja avaliado o seu perfil de candidato. Responder muitas perguntas pode ser cansativo, mas diminui a possibilidade de você dar início ao processo e, por fim, não se adequar às exigências da marca.

Solicite a Circular de Oferta de Franquias — COF

O candidato precisa ter em mãos uma cópia da Circular de Oferta de Franquia. Trata-se de um instrumento jurídico em que constam os serviços oferecidos pela marca, o que inclui valores, taxas e obrigações, tanto da franqueadora quanto do franqueado. Leia todo o documento com atenção.

Examine o contrato

Chegou a hora de assinar o contrato, mas antes procure um advogado para checar todas as cláusulas. Faça perguntas para esclarecer tudo que não ficou claro para você e verifique se o contrato atende aos seus objetivos com a franquia.

Escolha o ponto comercial

Para abrir uma franquia, é preciso ter um bom ponto comercial, principalmente se a franquia for de varejo. Se você tiver dificuldade de encontrar um local interessante, a própria franqueadora pode auxiliar nessa questão.

Avalie a locação do imóvel

Geralmente, o contrato de franquia dura cinco anos. Por isso, procure fechar um contrato de locação com o mesmo prazo para ter segurança em seu negócio. Caso o imóvel precise de reforma, negocie descontos por conta das melhorias você fará no prédio.

Se o local for em um shopping, veja o valor das luvas a serem pagas, já que isso não está incluído no valor de investimento estipulado pela franqueadora.

Quando for renovar o contrato, faça isso antes de terminar o prazo e exija uma cláusula que garanta que, se o imóvel for vendido, o novo proprietário terá de respeitar o prazo de locação. Afinal, sem essa determinação, ele poderá solicitar que o inquilino saia em 90 dias.

Participe do treinamento oferecido pela franquia

Você e sua equipe participarão de um treinamento junto à marca para aprender os processos e conhecer os padrões exigidos pela empresa, bem como tirar as dúvidas que restarem antes da inauguração da sua loja. Além disso, estude o manual de operações para ter um bom conhecimento das atividades que serão realizadas.

Saiba como abrir uma franquia da Franquia Empresta

Com maior facilidade para pessoas físicas conseguirem fazer um empréstimo ou financiamento, o brasileiro vem buscando crédito rápido e sem burocracia. E os correspondentes bancários têm sido fundamentais nessa intermediação.

Analisando esse cenário, a Franquia Empresta é uma boa opção de negócio, porque tem longa experiência no ramo e um modelo de expansão pautado no crescimento. Com estratégias definidas e cidades mapeadas para que o investimento seja interessante. Direcionada às classes C e D, tem em seu público um grande potencial de consumo, com a vantagem de que não há inadimplência diante de outros mercados.

Para se tornar um empreendedor, é preciso buscar um negócio seguro e aprovado pelo mercado. Por isso, acabamos de apresentar os passos de como abrir uma franquia, modelo de negócio que tem chamado a atenção de investidores e vem apresentando expansão nesse panorama de crise que o Brasil tem enfrentado.

Seguindo nosso passo a passo corretamente, sua empresa certamente entrará para as estimativas das franquias que deram certo.

Aproveite para saber mais sobre o nosso trabalho. Preencha o formulário para que um consultor entre em contato com você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *